Por Uniodonto Em Notícias Atualizada em 27 NOV 2020 - 17H38

Orientação à saúde bucal dos idosos

Intuito da iniciativa foi orientar os mais de 60 idosos em situação de vulnerabilidade social, sobre os cuidados bucais necessários

Nos dias 27 e 28 de março, a operadora de planos odontológicos Uniodonto São José dos Campos realizou uma ação de conscientização no Recanto São José de Deus, regido pelo Instituto das Pequenas Missionárias de Maria Imaculada (IPPMMI).

O intuito da iniciativa foi orientar os mais de 60 idosos atendidos, em situação de vulnerabilidade social, sobre os cuidados bucais necessários. “Ensinamos a forma correta de higienização e dicas para o cotidiano, como escovação de dentaduras totais ou parciais. Possuir uma saúde bucal em dia é essencial em todas as idades”, afirma a dentista Francileide, colaboradora da Uniodonto SJC.

Na terceira idade, o risco de problemas bucais tende a aumentar em função da condição sistêmica a qual o idoso vivencia. Pessoas com a idade avançada, também podem apresentar uma diminuição na sua habilidade motora ou outros comprometimentos. “Uma pessoa saudável e com bons hábitos deve ir ao dentista ao menos uma vez a cada seis meses para verificar dentes e gengiva. Com o idoso não deve ser diferente - salvo aqueles que apresentam alguma alteração sistêmica. Estes podem apresentar necessidade de cuidados profissionais com maior frequência”, explica a dentista, reiterando que a cárie e os problemas gengivais são as principais razões da perda dentária.

Essenciais, os cuidados bucais devem ser iniciados na primeira fase da vida - antes mesmo do nascimento dos dentes. “Quando bebês, a limpeza das cavidades orais deve acontecer com gaze ou escova de silicone. Quando crianças, adultos ou idosos, a higienização correta é ideal após todas as refeições, além da utilização do fio dental. Escovar bem a língua e utilizar enxaguante bucal sem álcool são dicas importantes. Com estes cuidados, além de visitas periódicas ao dentista, é possível manter os dentes saudáveis na boca em todas as fases da vida”, assegura a dentista Francileide.

Aos idosos, a doutora conta que os cuidados e as orientações são mais específicas, como:

- No caso de dentadura total, retirá-la e escová-la sempre após todas as refeições, optando por cerdas rígidas;

- No caso da dentadura parcial, retirá-la e escová-la após todas as refeições, optando por cerdas duras. Porém, para os dentes mantidos, escová-los com escova de cerdas macias, visando não danificar o esmalte nem a gengiva;

- Visitar o dentista regularmente;

- Trocar a dentadura, seja ela total ou parcial, a cada cinco anos;

- Utilizar enxaguante bucal sem álcool;

- Utilizar escova elétrica no caso de problemas motores;

- Dormir sem a dentadura, seja ela total ou parcial, a fim de promover o relaxamento muscular e evitar lesões bucais;

- Procurar produtos próprios para a realização da limpeza das próteses.

Entre os maiores problemas que a falta de dente pode trazer a uma pessoa idosa estão a perda da capacidade de mastigar bem os alimentos, e prejuízos à estética facial e à fala, que podem levar a problemas de sociabilização. “Os dentes são essenciais e estão ligados diretamente à saúde geral do nosso corpo. Todos deveriam se atentar mais à sua saúde bucal”, conclui.

Para informações sobre a Uniodonto São José dos Campos, o interessado pode acessar o site www.uniodontosjc.com.br ou encaminhar um e-mail para o endereço eletrônico uniodontobr@uniodonto.com.br

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Fazer login

Esqueci minha senha

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Uniodonto, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.