Notícias

O que os sinais da boca nos revelam?

Escrito por Ana Paula Soares

26 ABR 2022 - 15H00

As manifestações bucais podem nos revelar muito mais do que problemas localizados nessa região do nosso corpo. Elas podem representar os primeiros sinais e sintomas de doenças diversas, de origem infecciosa, autoimune, gastrointestinal, hematológica, entre outras.

Indivíduos com baixa imunidade apresentam alterações bucais com frequência, uma vez que a boca, em condições normais, funciona como uma barreira física local de defesa imunológica. Infecções oportunistas como a candidíase são frequentes em portadores do vírus HIV, por exemplo.

A leucemia, um dos tipos mais frequentes de câncer em crianças e adolescentes - segundo o Instituto Nacional de Câncer -, apresenta manifestações bucais que podem ser facilmente diagnosticadas pelos profissionais de saúde. Em alguns casos, estas constituem-se as primeiras manifestações clínicas da doença, o que torna o seu reconhecimento por parte, especialmente dos cirurgiões-dentistas, de capital importância para o adequado encaminhamento do paciente.

Os tratamentos com medicação imunossupressora, indicados para doenças autoimunes e algumas doenças dermatológicas, podem, também, ocasionar manifestações bucais. O controle e tratamento desses sinais cabem aos profissionais de saúde responsáveis pelo diagnóstico, podendo ser o médico ou o cirurgião-dentista.

Algumas doenças infectocontagiosas podem se manifestar por meio de lesões bucais.

Entre elas, destacam-se: paracoccidioidomicose (principal micose sistêmica no Brasil), tuberculose, sífilis e hanseníase.

O conhecimento das manifestações bucais das doenças infectocontagiosas que acometem crianças também é de suma importância, uma vez que elas podem anteceder as erupções na pele e possibilitar um diagnóstico precoce. Doenças como escarlatina, roséola, rubéola, caxumba, sarampo e varicela inicialmente podem ser confundidas umas com as outras, pois apresentam sintomas semelhantes à gripe e resfriado. O conhecimento e identificação das lesões bucais características de cada uma dessas doenças poderia reduzir a margem de erro.

Dentre as doenças gastrointestinais que podem se manifestar pela boca, destacam-se as colites ulcerosas e o refluxo, que provoca a redução do pH da cavidade oral, podendo resultar na erosão do esmalte na superfície interna do dente.

Doença que acomete 16,8 milhões de brasileiros na faixa de 20 a 79 anos (cerca de 7% da população), a diabete pode causar diversos transtornos bucais, como sensação de boca seca, ardência bucal, candidíase, doença periodontal e cáries.

Infecções virais como o papiloma vírus, herpes simples e a Aids também estão associadas a lesões orais.

Conforme exposto, a boca pode revelar precocemente a existência de inúmeras doenças do nosso organismo. Por isso, é fundamental manter a saúde bucal em dia, com visitas regulares ao dentista.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Fazer login

Responsabilidade de senha
Esqueci minha senha

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Ana Paula Soares, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.